segunda-feira, outubro 19

Janelas Virtuais



Texto de Lily
Ah, o mundo moderno! Tão louvado e, ao mesmo tempo, tão apedrejado pelos mais conservadores. Nossas mães e avós, por exemplo, dizem que antigamente os relacionamentos duravam mais; que hoje em dia, as pessoas não se importam umas com as outras, não há mais respeito entre casais e que tudo virou zona.

Eu penso um pouco diferente. Vejamos:

Se as relações não duram como antes por falta de respeito e excesso de traição, significa que as pessoas se tornaram piores com o passar dos anos? Será mesmo que somos mais podres que nossos pais e avós? Eu duvido...

Claro que o mundo mudou, assim como as formas de pensamento. Houve uma revolução feminina, foi dada uma maior liberdade para a exposição de idéias e preferências, além da vitória e fixação do capitalismo no mundo. Mas vocês acham mesmo que tais fatos são capazes de mudar o caráter de alguém num relacionamento a dois? Acham que alguém passou a trair e mentir porque a União Soviética perdeu ou porque o Renato Russo assumiu gostar de meninos e meninas?

Lógico que não. A única diferença é que, hoje em dia, ter uma vida secreta é muito mais difícil. Não havia como descobrir um segredo pelo orkut, torpedos, históricos de msn, e-mails não deletados, extratos de cartões de crédito etc. Portanto, esse tal desrespeito que acontece hoje, acontecia do mesmíssimo jeito (ou pior), mas ninguém ficava sabendo. E se ninguém ficou sabendo, não aconteceu, não é mesmo?

Ah mamães e vovós... Como vocês são ingênuas (ou se fazem de).
Mas, devo ou não defender essa facilidade de comunicação? Fico meio em cima do muro, pois é evidente que ela tem um lado bom. Vocês se imaginam sem celular? Eu não. Sem e-mail, msn e até sem o maldito do orkut?
Nossa vida já está tão atrelada a tudo isso que não conseguimos nem mais entender como o mundo girava antes.

Porém, também tem um lado péssimo. Quando entramos naquela neura de achar que temos o direito de ter acesso a todos os passos que o outro dá e, então, passamos a fuçar esses aparatos virtuais a fim de flagrar alguma coisa, já é o início do caminho para a loucura.
Tenham certeza, meus amigos, que alguma coisa vocês vão achar. Porém, o que pode ser insignificante pro outro, pra você pode ser um motivo seríssimo de desconfiança.

É uma faca de dois gumes: quando confiamos e não invadimos a privacidade do outro, somos taxados de otários se formos enganados e, ao não confiarmos, nos tornamos obsessivos psicóticos mesmo. Afinal, se você não confia em quem está do seu lado, vai confiar em quem?

Chego à conclusão de que não adianta: nós não devemos e não precisamos saber de absolutamente tudo referente ao outro! Que diferença faz se ele disse "oi" para aquela insuportável? Só vai ter diferença se você souber (e depois criar diversas caraminholas na cabeça por causa disso).

Existem coisas que pertencem ao mundo particular de cada um e que em nada vão alterar o que a pessoa é, caso você não fique sabendo.
Ora, você também esconde pequenos segredos! E, provavelmente, não vê problemas nisso, mas quem está de fora poderá atribuir outro valor. Então, se você possui o direito a preservá-los, o outro também deve ter. Tenham certeza que coisas mais cabeludas um dia virão à tona sem que você precise fuçar orkut, msn, celular e o escambau.

Portanto, para a manutenção de sua sanidade mental, permita-se não ser onisciente. Você será mais feliz! Tenha certeza!



8 comentários:

Jake disse...

Acho q antigamente, os relacionamentos "duravam mais" pq eram baseados em aparências. As pessoas eram obrigadas a ficarem umas com as outras mesmo sendo desrespeitadas e traídas. Hj em dia, ninguém é obrigado a ficar com ninguem que não se quer. Uma grande vitória. Porém, essa vitória trouxe com ela um sentimento de egoísmo, resultando em pessoas que não se preocupam com os sentimentos alheios. Sinceramente, acho que nenhuma das duas é a ideal, mas como crescemos com essas ideias, vamos preferir o hj, pois sabemos como lidar. Já nossos avós acham o nosso tempo o absurdo dos absurdos!


Bjokas

Feiticeira Caliente disse...

Nossa... Esse post me fez relembrar uma parte da minha vida...
Vivia procurando pelo em casca de ovo, e SEMPRE achava, e o pior é que me contentava com as "explicações"...
Hoje, depois de tantas coisas que aconteceram, prefiro não procurar mais... Até porque se não for pra tomar atitude, é melhor não descobrir nada...
As vezes acho rídiculo a frase: "o que os olhos não veêm o coração não sente"...
Mas tem horas que ela vale ouro...
Se não acrescenta, é melhor nem saber...

Viviane disse...

Por essas e outras que eu deixei de fuçar o orkut do meu amado. Achei que estava em um estágio meio psicótico...

Aline V. disse...

é Malu, eu concordo com vc, antigamente as pessoas eram mais santas pq não existiam tantos meios de se saber da vida alheia...e só por isso!
Mas sabe, descobri a traição do meu ex namorado por um email que peguei dele pra outra. Mas não ficava fuçando não, ele tinha me dado a senha do e-mail dele ha um tempão, quando eu comecei a desconfiar que alguma coisa tava errada, ai fui atrás, pq fazer papel de trouxa tb não dá né? Enfim...também não imagino mais a minha vidinha sem as modernidades!

Beijokas

Lolla...doida varrida! disse...

EU CONCORDO UM POUCO COM SUA MÃE E UM POUCO COM VC.
AS DUAS TEM SEU LADO DA RAZÃO.
BJUS!

ludmilla disse...

Adoreiiiii o seu blogg..
Post muito bem escrito parabêns ..
c puder dah uma passadinha lah em casa será um prazer recebe-la .
bjokasss ...to seguinduuuuu

Rebeca Rocha disse...

Retribuindo sua visita!
tbem tô te seguindo e te linkei nos meus favoritos!

bjs

Quell disse...

Eu concordo que:
Os relacionamentos sempre foram assim, a diferença é que agora as mulheres tem coragem de larga dos homens pois não ficaram abandonadas, e obrigadas a voltar pra casa dos pais!!!

e tbm porque hoje é bem mais dificil deixa algo em baixo das moitas!!

Related Posts with Thumbnails